Vereador Wanderley da Farmácia está preso

O vereador de Bragança Paulista, Wanderley Luiz do Prado, o "Wanderley da Farmácia", foi preso na manhã desta quarta-feira, 22, pelo Departamento de Polícia da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), sob a acusação de comercializar medicamentos falsificados em seu estabelecimento, a Drogaria Rodoviária, que foi lacrada. Junto com ele, a farmacêutica Vanessa Ramos também foi detida. Ambos foram levados para São Paulo para o enquadramento nos artigos das leis que regulam este tipo de crime.

O delegado que chefiou a operação foi Anderson Pires Giampaoli, do Departamento de Polícia de Proteção à Cidadania da 2ª Delegacia de Saúde Pública de São Paulo, cujo objetivo é o de combater o roubo e falsificação de medicamentos e consequentemente o comércio ilegal dos mesmos. Nesta investigação foram encontrados uma representativa quantidade de Cialis [supostamente falsos], similar do Viagra, que trata da impotência sexual masculina. Existem, ainda, segundo a polícia, medicamentos sem etiquetas com indicação de prazo de validade e outras irregularidades.

Segundo informações do serviço de Inteligência da ANVISA/Brasil, a quantidade de comprimidos apreendidos varia entre 100 e 200 e a polícia chegou até a farmácia em questão através de denúncias. Ainda de acordo com a Anvisa, operações como a desta quarta-feira em Bragança, já foram realizadas em 167 farmácias e drogarias e 141 pessoas foram presas nos últimos tempos. Se comprovado o crime, a pena pode chegar até 15 anos de prisão.

Wanderley da Farmácia foi cercado pela imprensa, mas ele apenas disse: “É política...” e se calou. Conforme divulgou o Bragança-Jornal Diário, o chefe da equipe de inteligência, Adilson Bezerra, foi questionado sobre a hipótese de haver alguma relação entre a denúncia e a atuação política do acusado. Ele respondeu que soube que Prado era vereador após ele se apresentar e concluiu com a seguinte frase: “A Anvisa não é política, o que aconteceu aqui é produto de investigação”.


Visite:
Bulldog Inglês Bragança Paulista Atibaia

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • Twitter
  • RSS

1 Response to "Vereador Wanderley da Farmácia está preso"

  1. Alessandra says:
    19 de novembro de 2009 03:53

    Adilson Bezerra, foi questionado sobre a hipótese de haver alguma relação entre a denúncia e a atuação política do acusado. Ele respondeu que soube que Prado era vereador após ele se apresentar...

    Ué......mas não faziam meses de investigação? Como não sabiam de quem se tratava? Isso tá cheirando política mesmo.

Postar um comentário